15. AS “LÁGRIMAS” DO VINHO: QUALIDADE, OU NADA A VER?

Aquilo a que chamamos, comummente, de “lágrimas” no copo do vinho tem, na verdade, outro termo: arquetes. Alguns ditos enófilos conhecedores dizem que eles indicam qualidade do vinho. Erroneamente!

Os arquetes nas paredes do copo representam, na verdade, a quantidade de açúcar que o vinho tem. Este açúcar não significa, necessariamente, doçura, mas sim álcool. No artigo 11. O ÁLCOOL NO VINHO vimos que, durante a fermentação alcoólica, os açúcares são transformados em álcool. Assim sendo, quanto mais açúcar houver, maior será a graduação alcoólica do vinho final (salvo situações excecionais, que dependem dos estilos de vinho e das decisões das equipas de enologia).

 

CONCLUSÃO

As “lágrimas” (arquetes) em nada refletem a qualidade do vinho. De facto, quando giramos um copo vemos, umas vezes mais que outras, a presença dos arquetes. E eles são meros indicativos da quantidade de açúcares que o vinho tem, quase sempre significando maior graduação alcoólica.

 

Fontes: memórias das longas leituras do Rizz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s